UFSC » Curso de Graduação em Museologia

Estudantes promovem II Semana Acadêmica de Museologia
Publicado em 13/11/2014 às 17:28

Com o tema “Forcartaz-ii-semana-acadc3aamica-de-museologiamação e Atuação em Museologia: desafios contemporâneos”, a II Semana Acadêmica de Museologia da UFSC, promovida pelo Centro Acadêmico Livre de Museologia (CAMUS – Gestão Musa Nova), será realizada nos dias 20 e 21 de novembro, no Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH). As inscrições são gratuitas.

No ano que marca os 30 anos da regulamentação da profissão de museóloga/o, a II Semana propõe uma reflexão sobre os desafios contemporâneos da formação e atuação em museologia. Com o intuito de contribuir para uma maior articulação entre teoria e prática, o evento pretende congregar interessadas/os na abordagem do ensino, pesquisa e extensão, em interlocução com as práticas e saberes profissionais na área museológica.

As palestras de abertura: “Demandas e desafios para a formação contemporânea em museologia” e encerramento: “Egomuseologia: reflexão sobre a formação e trajetória na área museal”, serão ministradas pelas Professores Doutoras Maria Célia Teixeira Moura Santos (UFBA) e Rosana Andrade Dias do Nascimento (UFSC), respectivamente.

O evento também contará com a mesa-redonda “Formação e Atuação em Museologia em Santa Catarina: desafios e perspectivas”, Assembleia Geral do Curso de Museologia e uma sessão de cinema no Museu de Arqueologia e Etnologia (MArquE), com a mostra e debate do filme “A negação do Brasil”, de Joel Zito Araújo.

Mais informações: http://www.samuseologiaufsc2.wordpress.com ou camusufsc@gmail.com

Primeiros Formandos do Curso de Museologia UFSC
Publicado em 13/02/2014 às 14:37

Formando em Museologia em 2014-1: Jonei Eger Bauer. A cerimônia ocorreu em gabinete, conduzida pelo Diretor do Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Paulo Pinheiro Machado. Parabéns ao novo museólogo!

20140826_134205

Em 12 de fevereiro de 2014 formaram-se nossos primeiros bacharéis em Museologia, Rodrigo de Souza Fagundes e Elis Lorena Meister, alunos da primeira turma do curso (2010). A cerimônia ocorreu em gabinete, conduzida pelo Diretor do Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Paulo Pinheiro Machado. Parabéns aos novos museólogos!

Da direita para esquerda, Paulo Pinheiro Machado, Rodrigo de Souza Fagundes e Elis Lorena Meister

Matrícula 2014/1
Publicado em 10/12/2013 às 17:03

Informamos que a matrícula para o semestre 2014-1 pode ser realizada na página www.cagr.ufsc.br, entre os dias 09 e 25 de dezembro. O resultado dessa etapa de matrícula será divulgado no dia 3 de fevereiro de 2014.

 

Algumas disciplinas não estavam aparecendo como disponíveis para matrícula. Isto ocorreu porque o DAE havia bloqueado automaticamente algumas disciplinas, como forma de reservá-las aos calouros do vestibular. Informamos que este problema já foi corrigido – as disciplinas do Curso já aparecem todas como disponíveis no CAGR para a matrícula. A única exceção é a disciplina ANT 7112 – Trabalho de Conclusão de Curso, pois a matrícula nesta disciplina é feita apenas via Coordenação, mediante parecer do orientador de TCC.

 

Ressaltamos a importância da realização da matrícula neste período, pois as disciplinas obrigatórias do curso estarão reservadas para os alunos de Museologia apenas nesta primeira etapa da matrícula. A partir do ajuste de matrícula online, as vagas remanescentes estarão disponíveis também para alunos de outros cursos. As disciplinas optativas estarão abertas para matrículas de outros estudantes já na primeira etapa de matrícula.

 

O ajuste de matrícula online será entre os dias 10 e 17 de fevereiro. Ambas as etapas só podem ser realizadas online, pelo próprio estudante. No entanto, a secretaria do curso ficará à disposição para esclarecimento de dúvidas. Aconselhamos que entrem no sistema com antecedência, verifiquem se login e senha estão funcionando corretamente e antecipem suas dúvidas com relação ao processo de matrícula.

 

A grade horária atualizada pode ser encontrada no link http://museologia.ufsc.br/grade-de-horarios-2/ Está disponibilizada também a relação das disciplinas optativas oferecidas para 2014-1 pelo Departamento de Antropologia e Coordenadoria Especial de Museologia aos Cursos de Museologia, Antropologia e Ciências Sociais, com as respectivas ementas:

http://museologia.ufsc.br/files/2013/12/Ementas-opt-2014-1-Mus-Ant-e-Cso.pdf

 

Alertamos que o período de “Ajustes Excepcionais a Critério da Coordenação” que ocorre conforme calendário acadêmico de 2014 de 17 a 25 de março não pode ser utilizado para a realização da matrícula regular. Serão analisados apenas os ajustes como quebra de pré-requisitos, autorização para cursar além do número máximo ou mínimo de disciplinas, inclusões e exclusões com autorização dos professores e da coordenação, que estiverem bem justificados.

 

O calendário acadêmico se encontra no link:

http://notes.ufsc.br/aplic/calgrad.nsf/27985f7d0220152b8525639200750d4d/ccfc8ddeb6c080c283257c35003b2beb/$FILE/R34CUn2013%20Calend%C3%A1rio%20de%20Gradua%C3%A7%C3%A3o%202014.pdf

 

Atenciosamente,

 

A Coordenação do Curso de Museologia

Entidades e núcleos de pesquisa divulgam carta de repúdio às ações anti-indígenas
Publicado em 10/12/2013 às 14:45

Carta de repúdio às manifestações e ações anti-indígenas de SC

Nós, organizações, entidades e pessoas abaixo assinados, vimos a público manifestar nosso repudio aos meios de comunicação RIC Record, Grupo RBS, Blog do Jornalista Moacir Pereira, Jornal Cidade de Joinville, Sites como Antropowatch e Questão Indígena, que, nos últimos meses, têm veiculado notícias falaciosas e preconceituosas, além de fomentar opiniões declaradamente anti-indígenas. Estes veículos que deveriam primar pela verdade, pela imparcialidade e pela transparência, bem como respeito a Constituição, têm, ao contrário, veiculado apenas informações distorcidas e  visões dos grupos que se opõem aos direitos dos povos originários, sem dar espaço a outros setores da sociedade e aos próprios indígenas.

Não permitem que se expresse a voz das lideranças desses povos, omitem as principais razões da situação de vulnerabilidade dos indígenas e criminalizam movimentos sociais e profissionais, especialmente indigenistas, antropólogos e operadores do direito, que, no responsável exercício de suas funções, atuam no sentido de colocarem em prática os preceitos constitucionais.

Lamentamos a ignorância e o desconhecimento de pessoas desinformadas que atacam as culturas indígenas em todos seus aspectos, especialmente no tocante aos seus direitos territoriais, garantidos pelas Constituições Federal (Artigo 231) e Estadual (Artigo192), que se referem ao direito à terra, condição crucial para manutenção de seus usos costumes e tradições. Destacamos ainda que o Brasil é signatário também da Convenção 169 da OIT e a Declaração das Nações unidas sobre os direitos dos povos indígenas de 2007, que reconhecem os direitos humanos e territoriais desses povos originários.

Não culpamos pessoas que, muitas vezes, de forma tão difícil quanto a dos indígenas tentam sobreviver num país desigual e injusto como o Brasil. Mas não podemos aceitar que empresas que recebem do Estado concessão pública dos meios de comunicação, destinadas a informar a população, produzam e reproduzam inverdades, promovam o preconceito étnico, calem as vozes indígenas e induzam a população à violência contra esses povos! O poder público e estas empresas são responsáveis pela observância dos princípios constitucionais, no que tange ao direito de todos os cidadãos à informação correta (Art.221).

Os órgãos públicos devem controlar o que estas empresas e grupos veiculam de forma leviana e insidiosa, obrigando-os a trazerem informações adequadas, verídicas e imparciais, ao contrário do que vem sendo feito. Consideramos especialmente grave a omissão das vozes de atores fundamentais envolvidos no processo de reconhecimento dos direitos dos povos originários, em especial, das lideranças indígenas.

Os povos indígenas de SC (Guarani, Kaigang e Xokleng), desde décadas têm participado, pacientemente, de negociações com diversos órgãos, na expectativa de verem seus direitos constitucionais efetivados. São centenas de famílias aguardando a homologação das terras indígenas Pindoty, Pirai, Tarumã, Morro Alto, Araçá’i e La Klãno. A demora no processo de reconhecimento das terras impede a reprodução da vida dos indígenas, e torna sua situação altamente insegura e precária. Os órgãos de imprensa, acima citados, contribuem mais ainda para o acirramento da vulnerabilidade, prejudicando não apenas as antigas gerações, mas também jovens e crianças indígenas.

Com relação à Terra Indígena de Morro dos Cavalos (Palhoça-SC) aguarda há duas décadas pela homologação de suas terras. Discordamos totalmente da ideia veiculada por estas empresas/imprensa de que as mortes, acidentes e engarrafamentos na BR 101 sejam de responsabilidade dos Guarani. Mas sim, são dos órgãos públicos as prerrogativas de fazerem a demarcação das terras e a construção dos túneis na região, conforme já foi determinado pelo TCU e acordado com o povo Guarani e com o DNIT. É a construção desses túneis que desintrusará a terra indígena, evitará congestionamentos da BR, e os frequentes acidentes e mortes.

Basta de violência! Basta de mentiras! 

BASTA DE UMA IMPRENSA PARCIAL QUE DESINFORMA E É DESCOMPROMETIDA COM A VERDADE! 

Pela homologação da Terra Indígena Morro dos Cavalos!

Pela homologação das terras indígenas Pindoty, Pirai, Tarumã, Morro Alto, Araçá’i e La Klãno!

Exigimos do DNIT a construção dos túneis no Morro dos Cavalos, que é a alternativa acordada e a mais viável econômica e ambientalmente, que garantirá condições dignas de moradia, de trabalho e de vida aos Guarani na região.

Pelo RECONHECIMENTO dos direitos dos povos originários!

 Santa Catarina, dezembro de 2013.

 Assinam esta carta:

 

Comissão Nemonguetá

CONSELHO MISSIONÁRIO INDIGIENISTA – CIMI SUL

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ANTROPOLOGIA

COLETIVO CATARINA DE ADVOCACIA POPULAR

REDE NACIONAL DE ADVOGADAS E ADVOGADOS POPULAR – RENAP/SC

COLETIVO DIVUANT DE ANTRPOLOGIA – SC

NEPI- Núcleo de Estudos de Populações Indígenas (UFSC)

NEA – Núcleo de Estudos Ambientais (UDESC)

Processo Eleitoral – Coordenação do Curso de Museologia
Publicado em 18/11/2013 às 14:41

Está em andamento o processo eleitoral para a Coordenação do Curso de Museologia.

Seguem abaixo o edital que convoca as eleições, bem como a resolução interna que rege as mesmas.

Por decisão dos Colegiados dos Cursos, a Coordenação de Museologia passará a ser independente do Curso de Antropologia.

Edital eleicoes CoordMus 2013

RESOLUÇÃO INTERNA N0 001CGAntMus

Exposição “Lendas urbanas: entre boatos e verdades”
Publicado em 14/11/2013 às 18:38

O Curso de Museologia tem o prazer em convidá-las(los) para a exposição “Lendas urbanas: entre boatos e verdades”:

convite

I Semana Acadêmica de Museologia – UFSC
Publicado em 14/11/2013 às 18:28

A I Semana Acadêmica de Museologia da UFSC: Museu, Museologia e Patrimônio em Ação, promovida pelo Centro Acadêmico Livre de Museologia, ocorrerá nos dias 19, 20 e 21 de novembro no Centro de Filosofia e Ciências Humanas.

O evento tem por objetivo abrir para debate a reflexão acerca do museu e da museologia enquanto instrumentos de transformação, tendo em vista a necessidade de uma revisão crítica da função do museu voltada para a realidade local. Transformações estas que implicam o território em seu sentindo mais amplo, o patrimônio, a memória, a cidadania simbólica e os mais diversos dispositivos e agentes atuantes no campo social.

As palestras de abertura (“Relevância, Ressonância, Engajamento – a Museologia e o Patrimônio em ação”) e encerramento (“Museus das diásporas africanas, repertórios artísticos e memoriais”) serão ministradas por Maria de Lourdes Parreiras Horta e Ilka Boaventura Leite, respectivamente. O evento também contará com a Mesa-Redonda “Formação e Atuação em Museologia”, a Roda de Conversa “Movimento Estudantil da Museologia: desafios e perspectivas” e uma sessão do projeto “O Cinema vai ao Museu”, com a mostra e debate do filme Psicose, de Alfred Hitchcock.

O encerramento do evento contará com a abertura da exposição curricular “Lendas Urbanas: entre boatos e verdades” promovida por estudantes do Curso de Graduação em Museologia, no Museu de Arqueologia e Etnologia Oswaldo Rodrigues Cabral (MArquE/UFSC).

Inscrições gratuitas.

Mais informações: http://samuseologiaufsc.wordpress.com

Contato: chapanovamusa@gmail.com

II Seminário Patrimônio Cultural e Museologia UFSC
Publicado em 04/11/2013 às 14:43

O Núcleo de Dinâmicas Urbanas e Patrimônio Cultural (NAUI) da UFSC promoverá o 2º Seminário Patrimônio Cultural e Museologia, entre os dias 5 e 8 de novembro, no auditório do Centro de Ciências da Educação (CED), com apoio do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS), do Instituto Nacional de Pesquisa Brasil Plural e do Programa de Pós-Graduação em Urbanismo, História e Arquitetura da Cidade (PGAU-Cidade). O evento é gratuito e aberto ao público. Não é necessário efetuar inscrição. Confira a Programação completa do Seminário.

I Fórum de Avaliação de Curso pelos Estudantes
Publicado em 17/10/2013 às 12:46

O prazo de inscrição para o relato de experiências do I Fórum de Avaliação de Curso pelos Estudantes vai até o dia 23/10.

O que você acha que pode mudar na atual avaliação do seu curso? O seu curso realiza uma avaliação própria?

O Fórum objetiva discutir o tema para reformulação da avaliação discente atual. Inscreva-se para relatar a experiência de seu curso, enviando a ficha de inscrição preenchida até o dia 23/10 para o e-mail: avaliacao.prograd@contato.ufsc.br.

A atividade está sendo promovida pela Prograd.

Data:  29 de outubro de 2013 (terça-feira)
Horário:  8:30 – 18:00
LocalAuditório da Reitoria
PROGRAMAÇÃO:
 - a partir das 08:30: Mesa-redonda sobre a Avaliação dos cursos pelos Estudantes com a PROGRAD, PROPLAN e DCE
 - a partir das 14:00: Relatos de Experiências sobre Avaliações de cursos pelo discente. Este espaço será realizado para que os cursos que realizam avaliação própria possam relatar suas experiências.

Sua inscrição será confirmada por e-mail. Para informações: (48) 3721-8307

Primavera dos museus terá várias atividades no Marque/UFSC
Publicado em 23/09/2013 às 17:19

Museus, memória e cultura afro-brasileira é o tema da 7ª Primavera dos

Museus que acontecerá no Museu de Arqueologia e Etnologia da UFSC de 23 a 27 de setembro. Exposição fotográfica, rodas de conversa, cinema ao ar livre, sessão de contos africanos e afrobrasileiros para crianças, oficinas de percussão e afoxé, lançamento de livros são algumas das atividades da programação da semana.

Confira aqui a Programação completa.

  • 1960 - 2010 - Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) | Central Telefônica - (48) 3721-9000
  • Última atualização do site foi em 08 de December 2014 - 9:41:47
SeTIC
Páginas UFSC